domingo, 27 de maio de 2012


?



Entre um gole de cerveja e outro, sua língua invadiu minha boca.
Você não estava, amor.
Entre uma palavra e outra, sem querer suas roupas invadiram meu quarto.
Você não estava, amor.
Entre o tesão e o gozo, havia, ainda, outra forma de morrer de fome.
Você não estava, amor.
Entre abrir os olhos e fechar , o dia passa.
Você já esteve?
O Esteves abriu a Tabacaria, eu abri o livro do Pessoa e morri de fome!

Um comentário:

  1. amor, falta amor... falta amor. faltamor. falsoamor. falso amor.

    ResponderExcluir